Vilabela Online
EntretenimentoNotícias

DJ Ivis é preso e sua carreira sofre revés

O cantor DJ Ivis, Iverson de Souza Araújo, foi preso nesta quarta-feira (14) após os vídeos de agressões contra a ex-mulher, Pamella Holanda, serem divulgados por ela nas redes sociais. A prisão do artista é mais um passo para o revés na sua carreira. O cantor já sente o impacto financeiro das agressões à ex-mulher com o cancelamento de parcerias e contratos. Aos fatos.

DJ Ivis ficou conhecido no cenário nacional com a gravação de alguns hits, como “Esquema Preferido” e “Galega”, que chegaram a alcançar o topo das músicas mais tocadas e faziam parte dos destaques das plataformas Deezer e Spotify.

Duas das principais plataformas de streaming musical retiraram de suas playlists oficias todas as faixas com participação do músico. As parcerias com o artista também foram afetadas, com cantores como Latino, Zé Filipe e Flay, que tinham parcerias programadas com DJ Ivis, cancelaram os lançamentos.

Depois da divulgação dos vídeos em que ele agride a ex-mulher, o cantor Xand Avião, que até então gerenciava a carreira do cantor paraibano, também anunciou a saída do músico da sua produtora Vybbe.

As imagens da agressão, gravadas por câmeras de segurança do apartamento em que os dois moravam, em Fortaleza, mostram Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, puxando o cabelo, dando socos e chutes na vítima. Os vídeos e fotos de hematomas foram publicados por Pamella em sua rede social.

Também pelas redes, DJ Ivis tentou justificar as agressões alegando que a mulher dizia que iria se matar e que não estava mais aguentando as chantagens. Artistas como Solange Almeida, Zé Felipe, Zé Vaqueiro e Marília Mendonça manifestaram apoio à Pamella.

 

Deixe seu comentário