Serra Talhada

Produtores de Aves de Serra Talhada Sofrem com Portaria Indefinida e Falta de Solução

Há mais de um ano, os produtores e comerciantes de aves de Serra Talhada estão impedidos de participar da feira livre de animais devido a uma portaria que, inicialmente, deveria durar apenas 30 dias. A medida foi implementada sob a alegação de que as galinhas estavam doentes, embora nenhum teste tenha sido realizado para confirmar a suspeita. A situação permanece sem resolução, e os comerciantes enfrentam uma batalha de responsabilidades, com autoridades locais e a ADAGRO jogando a culpa umas nas outras.

O Sr. Onofre, comerciante local, relata que o comércio de aves agora ocorre na porta da feira, uma situação que prejudica significativamente as vendas. “Ficar na porta da feira atrapalha muito as vendas,” desabafa Onofre, refletindo a frustração compartilhada por muitos outros comerciantes afetados pela incerteza e a falta de ação das autoridades competentes.

Deixe seu comentário