Eleições 2022Pernambuco

Raquel Lyra diz que não vai declarar apoio a Lula ou Bolsonaro no 2º turno

Do JC Online

Em transmissão ao vivo realizada na tarde desta quarta-feira (12), no Instagram, a candidata a governadora de Pernambuco pelo PSDB, Raquel Lyra, firmou posição de independência com relação à disputa presidencial, ou seja, não apoiará nem o ex-presidente Lula (PT) nem o presidente Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno. Na primeira fase do pleito, Raquel apoiou Simone Tebet (MDB) para o Palácio do Planalto.

Desde que o resultado do primeiro turno se consolidou, ainda no dia 2 de outubro, a campanha de Marília Arraes (Solidariedade) tem tentado associar as imagens de Raquel e da sua candidata a vice, Priscila Krause (CID), à do presidente Bolsonaro, embora até o momento elas não tivessem declarado apoio a nenhum postulante à presidência. Ao longo dos últimos dias, boatos de que Raquel estaria com Bolsonaro em agenda do militar no Recife nesta quinta (13) começaram a circular nas redes sociais.

No seu pronunciamento, Raquel voltou a agradecer à população pernambucana pela solidariedade que a sua família recebeu após o falecimento do marido da tucana, Fernando Lucena, no dia da votação do primeiro turno, vítima de um infarto.

Deixe seu comentário